Como criar uma startup: veja o passo a passo | Public Online

Desenvolvimento Web

Como criar uma startup: veja o passo a passo

Avatar

Victor Pacheco

|

09/03/2021

|

12 min de leitura

|

Voltar

12 min de leitura

Você sabe como criar uma Startup? Se você já pensou em ter seu próprio negócio, saiba que é uma atividade que requer atenção e muito empenho, mas se a ideia for bem-sucedida, traz grandes retornos. Infelizmente não existe uma fórmula padrão que se aplique a todas as situações: o empreendedorismo exige muitos testes, vontade e dedicação.

Não é diferente quando pensamos em como criar uma Startup, mas ainda é possível obter dicas valiosas que podem ajudá-lo a dar o primeiro passo para o sucesso e assim criar uma Startup que gere lucros gratificantes.

Hoje trouxemos um material rico sobre como criar uma Startup do zero, e te incentivar a ir atrás dos seus sonhos agora mesmo!

Vale lembrar, antes mesmo de começarmos a entrar no assunto, que uma ideia inovadora pode parecer arriscado, mas quando bem aplicada no mercado, quase sempre deslancha e vai em direção ao sucesso absoluto.

Veja mais sobre como criar uma Startup.

Mas o que é uma startup? 

O empreendedorismo para aqueles que querem entender como criar uma Startup, é um modelo de negócio de rápido desenvolvimento que geralmente fornece produtos ou serviços inovadores voltados para trazer soluções para qualquer problema ou dor – neste caso, o público-alvo possui uma dificuldade de resolver alguma questão ou problema.

Mas engana-se quem pensa que ter uma ótima ideia para criar Startup é o suficiente… Pelo contrário, é só o começo!

Apesar de uma jornada emocionante, sem as informações certas, não é simples os processos de como criar uma Startup do zero.

Normalmente, as empresas de crescimento rápido (com valor imediato de vários milhões de dólares) têm boa infraestrutura e o suor por trás de seu sucesso. Afinal, ninguém abre um negócio ou entende como criar uma Startup da noite para o dia.

Naturalmente, você enfrentará diversas dificuldades no processo de abertura de um negócio: finanças, estratégia e até mesmo como formar uma equipe para enfrentar o trajeto de como começar uma Startup.

No entanto, seja otimista! O custo sobre os processos de como criar uma Startup tem diminuído constantemente e nunca foi tão fácil tornar isso real.

De acordo com uma pesquisa realizada pela CB Insights, de 2000 a 2011, o custo de estabelecer empresas Startups de tecnologia nos Estados Unidos caiu significativamente.

Portanto, pode-se dizer que comparado ao investimento inicial, estamos tratando de um mercado favorável, principalmente se tratando de soluções virtuais, como no caso de plataforma de Marketplace.

Mas como dar o pontapé inicial em como criar uma Startup? Apenas o custo inicial não pode construir uma empresa do zero, esta é uma área que requer conhecimento sobre empreendedorismo, marketing, vendas, gestão, etc.

Você está pronto para como criar uma Startup? 

Essa é a primeira pergunta que você deve se fazer, pois você está prestes a embarcar numa jornada intensa sobre como criar uma Startup!

Você quase não tem a segurança que seu trabalho fixo pode proporcionar e o retorno do investimento nem sempre é certo, sua dedicação deve ser quase exclusiva, pois desde o início você pode coordenar seu trabalho na primeira etapa. Mas, à medida que sua empresa cresce, isso precisa mudar e seu foco precisará ser em sua gestão.

Além dessas dificuldades iniciais, outros problemas podem surgir, como saber administrar sua equipe, o que, aliás, indica precisar de uma equipe complementar em como criar uma Startup.

Para isso existem funcionários em todos os campos, os mais relevantes são: marketing, tecnologia, negócios e design. Sem uma equipe forte, sua Startup pode até terminar antes mesmo de começar.

Portanto, antes de dar um passo decisivo rumo ao empreendedorismo, e consequentemente ao sucesso financeiro, pense se você realmente tem estrutura e disposição para embarcar nessa aventura incerta e emocionante, que pode gerar frutos incríveis!

Como criar uma Startup

Se você acredita que está pronto para todos os processos que envolvem como criar uma Startup, e seu perfil se encaixa como um empreendedor em busca do sucesso, podemos começar a falar sobre cada etapa.

É impossível dizer que todas as empresas passarão pelo mesmo processo sobre como criar uma Startup, porque cada empresa é única e tem suas dificuldades e vantagens específicas.

No entanto, num geral, as Startups definitivamente passarão por alguns passos e padrões básicos em como criar uma Startup.

Primeira hipótese 

Tudo começa com uma ideia, e essa etapa é quando a captura inicial começa a se concretizar. Como futuro empreendedor, você deve começar a considerar melhor os problemas e soluções e outras variáveis ​​do projeto.

Segunda verificação 

A verificação é uma parte fundamental para tornar seu projeto uma realidade. Neste ponto, você testará todas as hipóteses que têm feito e verá se elas realmente funcionam no mercado, e se todas as etapas em como criar uma Startup estão fluindo.

Terceiro negócio 

A verificação foi bem-sucedida, agora é a hora de entrar no mercado e encontrar a combinação perfeita entre seu produto e os primeiros clientes.

Quarto nível 

Sua Startup está operando e seu produto conseguiu encontrar um lugar no mercado. Mas e quanto ao seu modelo de negócios? Você precisa considerar como torná-lo escalável e com crescimento rápido, para ter um giro de capital. A fidelização de clientes, por exemplo, é uma estratégia que fará suas vendas serem menos esporádicas, além disso você terá uma boa noção sobre reposição de estoque, caso sua Startup seja voltada para a comercialização de algum produto.

O fator chave em como criar uma Startup 

Entender as etapas pelas quais uma startup está passando é muito útil para entender o caminho.

No entanto, se você quiser ter sucesso, esta estrada enfrentará muitas voltas e reviravoltas.

Para evitar obstáculos que possam te prejudicar, é importante se precaver e montar um plano baseado em fatores essenciais para o crescimento de uma startup.

Veja alguns destes critérios a seguir.

Público-alvo 

Em primeiro lugar, certifique-se de saber quem é o seu público-alvo. Em resumo, é essencial entender

  • Qual a faixa etária dos seus clientes;
  • O gênero que prevalece e suas principais ocupações.

Reúna o máximo de informação para ter algo concreto e assertivo. É mais fácil passar uma mensagem quando sabemos com quem estamos falando, concorda?

Acredite em mim, será algo muito útil porque você pode entender quem ele é e do que ele gosta, sendo assim você percebe suas motivações. Portanto, você pode ajustar o formato do produto para torná-lo cada vez mais impactante para os usuários e ter mais oportunidades de construir um negócio em como criar uma Startup.

Você tem que criar um produto para seu público-alvo e, para isso, é importante sempre buscar o feedback dos usuários sobre seu desenvolvimento em como criar um Startup.

Lembre-se: quanto mais você souber e entender tudo sobre ele, melhor!

Isso também ajudará a definir o problema a ser resolvido por sua empresa, porque saber exatamente como explicar o problema que você está tentando resolver pode ser mais difícil do que parece. E não faz sentido começar com uma solução, pois isso não necessariamente esclarece o problema.

Portanto, se você está com dificuldade em definir o objetivo de marca, a melhor opção é fazer uma pesquisa com seu público-alvo: essas pessoas saberão exatamente como explicar a dor que eles sentem ao enfrentar essa dificuldade.

Conclusão: Certifique-se de que o perfil do seu público recebe sua marca como algo que resolverá um problema existente dentro de cada um deles, como no caso do aplicativo Uber, que surgiu para trazer maior praticidade a aqueles que não querem ou não podem ter um veículo próprio, mas não estão dispostos a contar com transporte público.

Marketing e vendas 

Você está pensando em economizar dinheiro, não em investir em ferramentas de marketing e vendas, mas em criar uma boa ideia que possa se espalhar por conta própria?

Não espere que isso seja vantajoso, principalmente porque há dois contratempos: um é que a chance disso acontecer é muito pequena, e o outro é que mesmo que aconteça é de curta duração, porque é difícil para você espalhar a ideia o tempo todo.

Portanto, ter seu plano de marketing e vendas é muito recomendado para se manter firme no mercado! Conforme mencionado anteriormente, o ideal é que pelo menos um profissional da equipe enfrente esse campo em como criar uma Startup.

Se não for esse o caso, você deve fazer e aprender como esses conhecimentos diferem entre si e como podem beneficiar sua empresa.

O marketing irá gerar clientes potenciais e oportunidades de negócios. Em Startups, concentra-se mais em métricas e geração de clientes.

Existem várias maneiras de atingir seus objetivos neste modelo de negócio. Por exemplo, o marketing de conteúdo é um deles: por meio dele, você pode gerar conteúdo relevante que pode resolver problemas e determinar as necessidades do cliente.

No entanto, as vendas afetarão mais diretamente a distribuição do produto. Para tanto, existem três modelos principais de vendas: autosserviço (os clientes entram no site e compram sozinhos, sem interagir com ninguém), telemarketing (os vendedores promovem os produtos pelo telefone) e as vendas presenciais (os vendedores agem pessoalmente, abordando os clientes com maiores informações).

Mas qual é a melhor estratégia para você? Depende do seu processo de vendas e dos principais indicadores que coletou em seus planos até agora.

Atenção!

Marketing e vendas também precisam ser testados: antes de investir muito dinheiro nessa área, experimente aos poucos as ferramentas que forem mais adequadas para o seu negócio.

Depois de determinar o método mais eficaz, invista e sempre preste atenção a esses números.

O mundo digital influenciando nas Startups 

Você sabia que as startups mais famosas e valiosas são exemplos de plataformas de Marketplace? Ou eles possuem alguma característica de mercado em seu modelo de negócios?

Para ficar claro, as maiores empresas de tecnologia do mercado global são: Amazon, Apple, Tencent, Alibaba, Facebook, Uber, eBay e Airbnb.

O que todas essas empresas têm em comum é o ecossistema criado em torno de seus negócios. Portanto, essas empresas vinculam oferta e demanda de forma colaborativa. Ou seja, reúnem pequenos vendedores e prestadores de serviços.

Essa é a razão de usar a economia do compartilhamento para transformar essas marcas em organizações exponenciais. No entanto, por meio da inovação disruptiva, eles criaram novos mercados e oportunidades para empresas e indivíduos.

E se você ainda não está certo disso, daremos um bom exemplo a seguir:

Amazon 

Se você já pesquisou um livro para comprar na Internet, talvez já tenha visitado o site da marca. Hoje, a empresa também oferece uma variedade de produtos. Por exemplo, servidores em nuvem (Amazon Web Services) e streaming de filmes (Amazon Prime Video).

Em 1994, foi lançado o primeiro site da Amazon, e sua versão era muito simples e hostil. No entanto, devido à excelente execução da estratégia de nicho e de seu fundador Jeff Bezos, a plataforma rapidamente ganhou participação de mercado.

A visão é fazer da Amazon uma referência de vendas de livros, CDs e DVDs, até então dificilmente vendidos pela internet. Com isso, a empresa passou a vender suas ações por meio do e-commerce. Mais tarde, ela percebeu essa oportunidade e se tornou um Marketplace mundialmente conhecido.

Um dos diferenciais da plataforma é que ela destaca a avaliação do consumidor de forma bastante completa. E você pode interagir com seus clientes e sugerir produtos com base em suas preferências por e-mail.

Como escolher a melhor plataforma de marketplace para tirar minha ideia do papel?

Depois de entender mais sobre como criar uma Startup, é hora de finalmente fazer a escolha para que sua empresa seja aberta o quanto antes. Importante ressaltar que o principal fator de escolha deve ser a facilidade e simplicidade ao se usar a plataforma. Isso porque se o cadastro de produtos, serviços ou oportunidades for muito complexo aos olhos daqueles que utilizam o Marketplace, você não terá parceiros e, consequentemente, não terá um negócio lucrativo.

Além disso, opte por uma plataforma que não fique sobrecarregada devido a muitos acessos ou apresente erros que impactem a experiência do usuário. Quando sua loja virtual começar a fazer sucesso e isso se tornar algo constante, seu site não pode ficar fora do ar durante nenhum momento se quer. Para isso não acontecer, melhorando as informações se baseando em dados importantes, faça todos os testes necessários antes de colocar a plataforma no ar.

Se ainda tiver dúvidas sobre qual tipo de plataforma escolher para melhorar sua jornada e ver mais sobre como montar uma Startup, a melhor coisa a se fazer é entrar em contato com um time de especialistas que entende do assunto. Assim, você consegue apoio para executar sua ideia da melhor forma sem deixar a qualidade de lado.

Quer ajuda para abrir um marketplace? Entre em contato conosco agora mesmo!

Agora que você já sabe mais sobre como criar uma Startup, é hora de tirar todas as ideias do papel e passar a ter um lucro cada vez maior.

Ainda não sabe por onde começar? Então você está no lugar certo, pois podemos lhe ajudar a desenvolver uma assertiva plataforma com base nas informações sobre como fazer uma Startup.

Logo depois de entrar em contato conosco, basta nos fornecer maiores informações sobre o que você deseja executar e iremos lhe enviar uma proposta comercial personalizada. Em seguida, após o fechamento de negócio com a Public Online, é hora de finalmente colocar sua ideia em prática.

Conte conosco para receber apoio na hora de abrir sua plataforma e entender mais sobre como iniciar uma Startup e demais assuntos técnicos! Agende uma reunião com nossos especialistas agora mesmo e não perca tempo.

Gostou do conteúdo acima sobre o mercado sobre como criar uma Startup?

Não deixe de acessar nosso blog, já publicamos diversos artigos que podem impactar seu dia a dia!

© 2020 Public Online Transformação Digital | Todos os Direitos Reservados